5 coisas que jamais devemos fazer no primeiro encontro, segundo os homens




Imagine aquele cara que você é doida pra sair há tempos. É, aquele mesmo. De repente ele te liga chamando para um jantarzinho. Você, no desespero e empolgação, temendo aquela ser sua única chance, vai e aceita.



Mas aí vêm o dilema: Como devo me comportar? Será que vai gostar do meu perfume, da roupa? O que vestir? Falo sobre política, futebol ou aceito tudo que ele disser?

O Rmm fez uma pesquisa com 20 homens espalhados pelo Brasil para responder a pergunta: O que uma mulher jamais deve fazer no primeiro encontro? E preparem-se meninas, as respostas foram simplesmente arrasadoras.

A primeira, por unanimidade, é: TRANSAR. Que para algumas é FAZER AMOR. É isso mesmo queridas. Mesmo o cara insistindo e dizendo que TE AMA, nunca aceite. Em 2% dos casos eles ficam com você, em 30% vão lhe procurar depois de um mês, e adivinha para quê? Isso mesmo, pra “matar a saudade”. É assim que eles justificam!

A segunda mais votada foi: Nunca falar do ex. Mas cá pra nós, quem vai sair com um cara e falar do ex? Ok, ok... Desculpem as desavisadas.

A terceira: Ficar bêbada. “Além de chamar a atenção ainda ter que cuidar de uma bêbada descontrolada... é horrível”, diz Fausto, 30 anos, SP.

Pois bem meninas. Se ele lhe chamar pra “tomar uma” (como se diz no Ceará), NUNCA, NUNCA, NUNCA fique embriagada.


A quarta: Ficar olhando para o celular e o relógio o tempo todo. “Você convida uma mulher pra jantar e ela passa o tempo todo olhando o celular e as horas no relógio. Logicamente você vai entender que o assunto não está legal, e que ela está louca pra ir embora”, justifica Rafael, 26 anos, CE.


A quinta: Olhar para os lados. Foi a mais votada. E com diversos depoimentos de homens que já passaram, por alguns instantes, esse constrangimento.

“Chamei uma garota pra jantar comigo e fomos a um restaurante bastante movimentado. Com 20 minutos, ela começa a olhar pro cara da mesa do lado. No mesmo instante fechei a conta e fomos embora”, reclama Diego, 24 anos, PR.

É meninas... Dentre vários tópicos da pesquisa, esses cinco foram os mais votados. Mas alguns deles até me tiraram o fôlego de tanto rir. Vale citar os tópicos que meus colaboradores fizeram questão de grifar:

“Não pode falar besteira nem ir com pouca roupa.” Erick Lúcio, 27 anos, RJ.

“Nunca convidar uma amiga pra ir junto.” Pedro Márcio, 29 anos, SP.

“Pedir no menu coisa difícil de pronunciar, e acabar falando errado.” Gleidson Oliveira, 36 anos, Flórida - EUA.

“Ela sair desarrumada, brega, com perfume muito forte.” Willian, 23 anos, SP.

O que acharam do resultado da pesquisa?
Mande sua opinião ou sugestão. Escreva para nós e não deixe de participar do nosso chat. Um grande abraço. Estarei preparando as próximas novidades. Aguarde.


Postagem: Patrícia Souza

categoria:

*Apreciou este artigo? Compartilhe-o e deixe-nos um comentário abaixo.

5 | Divulgue e Comente!

  1. Danii says:

    Hummmm adoreii o resultado da pesquisa, e os homens SIM! ME SURPREENDERAM .

  2. karina says:

    pra fala a verdade, é muito bom lhe esse tipo de coisa mais na hora do encontro sempre pegamos em alguma coisa e no meu caso até em um semi encontro eu não sei me virar rs.

  3. Suamy says:

    Eu achei legal a pesquisa, mais eu acho que mesmo com todas essas contra indicaçoes, eu acho que temos que ser nós mesmas .. e nao tentar transparecer uma coisa forçada, um 'eu' que nao existe !
    Beeeijão meninas !

  4. Anônimo says:

    achei legal sempre é bom saber como os homens pensam ao nosso respeito.